Duas cartas de Van Gogh


{} traduzidas por Daniel Dago





Haia, 29 de setembro, 1872.


Caro Theo,


Obrigado por sua carta, me satisfez saber que você voltou bem. Senti sua falta nos primeiros dias & foi estranho não encontrá-lo quando voltei de tarde para casa.

Passamos agradáveis dias juntos, e aproveitei a oportunidade para caminhar um pouco e ver uma ou outra coisa.


Que tempo horrível, você deve se sentir bastante angustiado em suas caminhadas a Oisterwijk. Ontem houve corrida de cavalos por causa da exposição, mas a iluminação & os fogos de artifício foram adiados devido ao mau tempo, portanto, foi bom que não você tenha permanecido aqui para vê-los. Saudações da família Haanebeek & Roos. Sempre

Seu amado


Vincent





Haia, 13 de dezembro, 1872.


Caro Theo,


Essa foi uma boa notícia que acabei de ler na carta de papai. De coração, desejo-lhe toda sorte.


Não duvido que isso lhe dará prazer, é uma boa firma.


Será uma grande mudança para você.


Satisfaz-me imensamente que nós dois estamos no mesmo negócio e na mesma firma, temos que nos corresponder intensamente.


Espero bastante vê-lo antes de sua partida, ainda teremos muito o que falar.


Creio que Bruxelas é uma cidade prazerosa, apesar de que parecerá estranha no começo.


Em todo caso, escreva-me em breve.


E agora adieu, essas são apenas algumas poucas palavras escritas às pressas, mas eu tinha que lhe dizer o quão satisfeito fiquei.


Desejo-lhe bem & creia-me, sempre.


Seu amado irmão

Vincent


Lamento que você tenha que ir todo dia a Oisterwijk nesse tempo ruim. Saudações da família Roos.



Daniel Dago é tradutor, especialista na tradução de autores clássicos holandeses. Sua mais recente tradução é a obra Contos holandeses (1839-1939), pela editora zouk. Pela mesma editora, prepara para o segundo semestre de 2018, entre agosto e setembro, o lançamento da tradução do romance Sobre pessoas velhas e coisas que passam ... (1906), de Louis Couperus (1863-1923), autor comparado a Tolstói, edição que contará com prefácio do tradutor e posfácio de Katherine Mansfield.



{} Contos holandeses: 1839-1939

_____________

Org.anização, tradução, apresentação e notas de Daniel Dago

Editora ZOUK

2017

© 2020 {voz da literatura}

  • White Facebook Icon
  • White Twitter Icon
  • Branco Ícone Google+