20 sonetos de Camões


20 Sonetos | Luís de Camões | Org. Sheila Hue | Editora Unicamp | 2018


Sheila Hue, doutora em Literatura Portuguesa pela PUC-RJ, é professora da UERJ e coordena o Núcleo de Manuscritos e Autógrafos do Real Gabinete Português de Leitura. “20 sonetos” é uma edição comentada de parte da lírica de Luís Vaz de Camões. Os sonetos selecionados do autor de Os Lusíadas apresentam um homem imerso no Renascimento e no Humanismo. A temática amorosa de Camões sofreu censura da Santa Inquisição, o que impingiu modificações aos textos nas primeiras edições. Nos sonetos do vate português, há influência de Alceu, Píndaro, Safo, Horácio, Ovídios e Virgílio, mas também de poetas como Dante e Petrarca. Foi a geração do poeta de Os Lusíadas que aclimatou o decassílabo italiano à língua portuguesa. O sonetista Camões reverencia também a poesia do espanhol Garcilaso de la Vega. Com essas influências, observa-se que o cultivo de novos parâmetros literários não apenas significava alçar a língua a um novo parâmetro cultural, mas também construir um projeto político de articulação do nacionalismo, da identidade nacional e da língua. Em estudo introdutório, Sheila Hue comenta ainda as primeiras publicações dos sonetos camonianos, que aconteceram após a morte do poeta, envoltos em várias controvérsias insolúveis sobre sua autenticidade e sua verdadeira autoria. Há farta narrativa biográfica de Camões no estudo introdutório de Sheila Hue. A organizadora da obra faz a seleta de 20 sonetos bastante representativos da poética de Camões, com o cuidado de analisar e oferecer ao leitor elementos para uma interpretação produtiva de cada um dos sonetos, o que ajuda a demonstrar como a poesia lírica camoniana, com seu engenho e arte, dialoga facilmente com o leitor de qualquer época.


{n. 6 | outubro | 2018}

1 comentário

© 2020 {voz da literatura}

  • White Facebook Icon
  • White Twitter Icon
  • Branco Ícone Google+